Visualizações de página do mês passado

sexta-feira, 18 de março de 2011

      Aiii de tanto procurar porque, não encontro o porque de nada.
      De onde vem essa necessidade de entender tudo? Seria tão mais fácil não entender e deixar que a vida resolvesse questões por si só...
      Mas não, a cabeça insolente, o coração rebelde, junto com lembranças oportunistas e vontades que nem sei explicar, me trazem momentos que ainda queima o coração...
      Olhar pra tudo assim de longe, e ainda sentir aquele frio no estômago realmente me incomoda, e mais uma vez os porquês me invadem, como se eu no auge de tudo isso soubesse responder a um só se quer...
      Não sei responder e nem tenho mais essa pretensão, quero mais é o melhor da vida, o melhor do que restou, as outras coisas eu deletei...E embora eu seja mais uma com tantas dúvidas...Levo uma certeza comigo...Não vou passar pela vida pra ser apenas um detalhe, quero ser excessões a todas as regras impostas, e nisso está incluído você, e tudo que fez parte da nossa história...

By Flor...

2 comentários:

Miguel disse...

"Mais uma vez os porquês me invadem", amei esta frase de inigualável sensibilidade, como amei semelhantemente teu blog, se me permite, estás nos meus favoritos. Logo mais ansiosamente estarei voltando, meu beijo minha cara.

Poeta Renato Douglas disse...

Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
Um grande abraço!

Renato Douglas!